Rádio Germinal

Notícias

Acaba de ser publicado o livro, A Pesquisa em Representações Cotidianas.

VIANA, Nildo. A Pesquisa em Representações Cotidianas. Lisboa: Chiado, 2015.

O presente livro é uma rara contribuição para a reflexão e prática da pesquisa com representações. Além de uma síntese da teoria das representações cotidianas, apresentando os principais conceitos e contribuições teóricas, apresenta de forma pormenorizada os elementos essenciais para a pesquisa desse fenômeno, também chamado de “senso comum” ou “representações sociais”, tanto aspectos metodológicos e analíticos quanto técnicos. Assim, uma discussão aprofundada sobre entrevistas em geral e uso da entrevista interpretativa, bem como de outras técnicas auxiliares, bem como reflexão aprofundada sobre o processo analítico das representações cotidianas, faz dessa obra instrumento indispensável para todos os pesquisadores da área da sociologia, psicologia, ciência política e das ciências humanas em geral.

Prefácio de Cássia Baldini Soares.

Nota Comando Local de Greve

NOTA DE ESCLARECIMENTO À COMUNIDADE ACADÊMICA DA UFG
A nossa greve está consolidada. Deflagrada em julho e reafirmada em assembleia histórica, com a presença de 627 professores, no dia 05/08/2015 no Centro de Cultura e Eventos do Campus II, seus fundamentos são os mais sólidos possíveis.
O corte de verbas para todo o sistema de ensino superior do país trouxe de volta o fantasma do sucateamento; ao mesmo tempo, o arrocho salarial, embutido na proposta do governo para o conjunto dos funcionários públicos federais, anuncia uma acentuada precarização das relações de trabalho para os próximos anos. Tal situação se agrava com a inflexibilidade que caracteriza a postura do governo nas negociações.
Esta situação se reflete diretamente no cotidiano da UFG. As atividades de graduação e pós-graduação estão ameaçadas em seu funcionamento básico e em sua qualidade. Atualmente, mais de 30 universidades e institutos federais estão paralisados. O Comando Local de Greve, instituído na última assembléia, é responsável pela coordenação da mobilização frente à comunidade acadêmica e conclama todos a participar deste movimento.
Acreditamos que a greve é justa, legítima e é hora de lutar. Não aceitem pressões! Não tenham medo!
Comando Local de Greve – UFG/2015

Curso de Atualização:

Valores e Representações Cotidianas

 

Folder do curso de atualização "valores e representações cotidianas"

Folder do curso de atualização “valores e representações cotidianas”

Mais informações, vide anexo abaixo.

Programa-Curso-ValoresRepresentaçõesCotidianas

 

Foi lançada a REDELP – Rede Livre de Publicação, portal de publicações eletrônicas do GPDS – Grupo de Pesquisa Dialética e Sociedade, da FCS – FAculdade de Ciências Sociais da UFG – Universidade Federal de Goiás.

O portal disponibiliza revistas do GPDS, como as Revistas Posição, Sociologia em Rede, Axionomia e de outros grupos ou núcleos de pesquisa, como as Revistas Espaço Livre, do NUPAC – Núcleo de Pesquisa e Ação Cultural e a Revista Despierta, do NEPALM/UFMS, e também a Poeticus, Revista de Poesias, Arte e Reflexões, do CPL – Círculo de Poetas Libertários, bem como outras que estão sendo estruturadas ou acertando sua inclusão. O Redelp, além do portal, possui um blog de divulgação, assim como algumas das revistas (Revista Posição, Sociologia em Rede, Axionomia).

A Revista Sociologia em Rede tem 3 números disponibilizados, e está com chamado de artigos para o número desse ano, até dia 01 de maio, com dossiÊ sobre “Manifestações, Protestos e Revoltas Populares”, além de temas livres e resenhas.

A Revista Posição lançou seu primeiro número de janeiro e prepara o segundo de fevereiro. Como é uma revista mensal, aceita artigos em fluxo contínuo.

A Revista axionomia está com chamada de artigos para dia 01 de maio.

A Revista Despierta está preparando a sua chamada de artigos para número 01.

A Revista Espaço Livre, transferiu do seu site os 15 números já publicados e em breve estará disponibilizando os demais números e também possui fluxo contínuo para suas publicações.

A Revista Poeticus está preparando sua chamada de artigos para seu primeiro número.

 

Promoção de livros da Editora Escuta.

Mais informações no site: http://www.ipora.ueg.br/noticia/11650

Clique na imagem e veja os detalhes.

38ª Café Filosófico com Will Goya – “EUTANÁSIA: sobre a morte e o morrer” = 23/set. no Bolshoi Pub-GYN.

 

 

 

  O livro “Cinema e Mensagem – Mensagem e Assimilação” foi publicado pela editora Asterisco, em maio de 2012.

Abaixo a orelha e sumário do livro. Para adquirir o mesmo, veja as livrarias de sua cidade ou via internet, no site da editora, Livraria Cultura e outras livrarias virtuais.

Veja do mesmo autor os livros “A Concepção Materialista da História do Cinema” (Asterisco, 2009), Como assistir um Filme? (Corifeu, 2009).

Dados do livro:

VIANA, Nildo. Cinema e Mensagem. Análise e Assimilação. Porto Alegre, Asterisco, 20012.


Orelha do Livro:

 

O que é um filme? Como analisar e interpretar um filme? Como utilizar o filme para meus propósitos sem me preocupar com seu sentido original? Tais perguntas são respondidas no presente livro. A partir de uma definição de filme que o considera uma forma específica de expressão figurativa da realidade, o autor discorre sobre como realizar uma interpretação correta e também como atribuir significados a uma produção fílmica. Defendendo a possibilidade de uma interpretação correta do filme, através da reconstituição do seu significado original, o autor expõe o método dialético e os mecanismos analíticos mais adequados para tal reconstituição. Apresenta, complementarmente, um exemplo de como realizar tal interpretação através da análise do filme O Monstro de Nova York. Ao mesmo tempo, realiza uma distinção entre interpretação correta e atribuição de significados, na qual a suposta interpretação não tem nada a ver com o filme interpretado. Contudo, desde que explicitado que é uma atribuição de significado e não uma análise que busca reconstituir a mensagem do filme, ela pode ser útil para objetivos pedagógicos, políticos, psicanalíticos, entre outros e para exemplificar esse processo trabalha com o filme São Francisco de Assis. Assim, essa obra abre novos caminhos para interpretação e uso dos filmes que é de interesse de sociólogos e cientistas sociais em geral, professores, bem como especialistas em comunicação e até mesmo para os amantes do cinema e produtores cinematográficos.

 

SUMÁRIO

 

Prefácio

Introdução

 

1ª parte: Filme, Significado e Interpretação

O que é um Filme?

Significado Original e a Interpretação Correta

Significado Atribuído e Assimilação

 

2ª parte: Para descobrir o Significado Original

Método Dialético e Interpretação Correta

Humanismo e Ciência em O Monstro de Nova York

 

3ª parte: Para Entender a Atribuição de Significado

O Processo de Atribuição de Significado

Utopismo Abstrato em São Francisco de Assis

 

Considerações Finais

Bibliografia

Filmografia